17/10/2019 às 07h03min - Atualizada em 17/10/2019 às 07h03min

Garçom suspeito de integrar grupo de extermínio é preso no DF

Flávio Nunes Lima fugiu em 2013 do Presídio de Luziânia (GO). Ele é acusado de vários homicídios no Entorno

Polícia Civil do Distrito Federal prendeu, nessa terça-feira (15/10/2019), em Samambaia Sul, um suspeito de integrar um grupo de extermínio que atuava no Entorno do DF. Flávio Nunes Lima, 30 anos, fugiu do Presídio de Luziânia (GO) em 14 de fevereiro de 2013, onde cumpria pena por homicídio. Desde então, usando documento falso, ele se escondia na capital do país e trabalhava como garçom.

Segundo as investigações conduzidas pela 38ª Delegacia de Polícia (Vicente Pires), Flávio entrou no radar da unidade por se tornar o principal suspeito de uma execução ocorrida em maio deste ano na região administrativa.

Diversos crimes

Ao monitorar os passos do acusado, os policiais descobriram sua identidade verdadeira e que ele é apontado pela Justiça goiana de participação em diversos homicídios praticados em Luziânia, alguns com características de grupo de extermínio.

“Pelo menos em um desses assassinatos, ele já foi considerado culpado, pois o processo foi transitado em julgado. Sobre um outro homicídio, aguarda julgamento. Fora isso, estamos em contato com as autoridades do estado de Goiás, pois é possível que ele tenha envolvimento em outras mortes”, explicou o delegado da 38ª DP Ângelo Roncalli

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »