06/01/2020 às 05h07min - Atualizada em 06/01/2020 às 05h07min

Foguetes atingem área militar dos EUA no Iraque

Um número impreciso de mísseis de curto alcance – os comentários citam entre três e seis – atingiu a Zona Verde de Bagdá neste domingo, 5, pelo segundo dia consecutivo. Na área estão muitas embaixadas, entre elas a dos Estados Unidos.

Os foguetes são velhos katyusha , produzidos pela então União Soviética. Não há relatos de mortos, mas fontes ouvidas por agentes noticiosas falam em feridos e danos materiais.

Nenhum grupo assumiu a responsabilidade pelos bombardeios dos dois últimos dias. O Hisbolá Kataib, uma milícia xiita iraquiana das Forças de Mobilização Popular (PMF) apoiadas pelo Irã, postou um ultimato às forças americanas posicionadas no Iraque para “fugir” da região às 17:00 hora local (14:00 GMT).

O líder do grupo paramilitar xiita iraquiano apoiado pelo Irã, Aas’ib Ahl al-Haq Laith al-Khazali, alertou os ativos militares americanos que eles serão considerados uma força de ocupação se o governo Trump não implementar rapidamente o ultimato iraquiano e retirar suas tropas.

No sábado, a capital iraquiana sofreu vários ataques com foguetes, inclusive na área residencial de Al-Jadriya, e na base militar de Balad, que abriga forças americanas, a 80 quilômetros ao norte de Bagdá.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »