19/05/2020 às 09h15min - Atualizada em 19/05/2020 às 09h15min

Distritais avaliam suspender feriados após reabertura do comércio no DF

Medida integra projeto de lei que tramita na CLDF e pretende manter lojas abertas durante datas comemorativas até o final do ano

Um projeto de lei que tramita na Câmara Legislativa (CLDF) pretende suspender os feriados de 2020 em decorrência dos impactos econômicos locais sofridos pela pandemia do novo coronavírus.

De acordo com a proposta, ao contrário do comportamento tradicional em datas comemorativas, o comércio permaneceria aberto. Isso seria uma forma de tentar recuperar parte dos prejuízos calculados em decorrência da quarentena estabelecida pelo 
Governo do Distrito Federal (GDF).
 

“Com efeito, a maior incidência de feriados em dias úteis, embora tenda a favorecer atividades econômicas específicas, como aquelas típicas do turismo, tende a gerar prejuízos por conta da queda no nível de atividade ou pela elevação dos custos de operação. Dito isso, o prejuízo para o comércio em geral, em razão dos feriados do ano corrente, já era considerado vultuoso, e com a pandemia do novo coronavírus, então, é incalculável”, explica o autor da proposta, deputado Robério Negreiros (PSD).

Caso seja aprovada pela maioria dos deputados distritais, a matéria permitiria a atividade econômica durante pelo menos seis feriados que cairão em dias de semana até o final deste ano: Corpus Christi (11/06), Independência (07/09), Nossa Senhora de Aparecida (12/10), Finados (02/11), Dia do Evangélico (30/11) e Natal (25/11).

“Na quarentena, todos ficaram em casa. Agora, com o término dela, precisaremos da retomada da atividade econômica e os feriados serão ruins para o desenvolvimento do comércio e, consequentemente, para o reaquecimento da economia local”, disse o parlamentar.

Pelas contas do Governo do DF (GDF), comércio e serviços respondem por 94,3% do Produto Interno Bruto (PIB) regional. O Distrito Federal adotou o uso obrigatório de máscara – com isso, o governador Ibaneis Rocha (MDB) começou a permitir a reabertura de parte das lojas a partir desta segunda-feira (18/05).


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego