28/06/2020 às 07h43min - Atualizada em 28/06/2020 às 07h43min

Saúde volta atrás e corrige número de presos mortos por covid-19

O quarto óbito de um detento tinha sido registrado na quinta-feira (25/6) no painel de acompanhamento dos casos de covid-19, alimentado pela Secretaria. No entanto, a pasta corrigiu

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal corrigiu o número de mortes por coronavírus de presos do Complexo Penitenciário da Papuda. O quarto óbito de um detento tinha sido registrado nesta quinta-feira (25/6) no painel de acompanhamento dos casos de covid-19, alimentado pela pasta. No entanto, questionada pela reportagem, a secretaria afirmou, por meio de nota oficial, que “são três mortes no sistema penitenciário até o momento e que ocorreu um erro no registro dos dados no painel, que já foi corrigido”. 
 
 
O secretário de Administração Penitenciária (Seap-DF), Adval Cardoso, repassou a informação ao Correio de que os agentes que estão no Hospital Regional da Asa Norte (Hran) - unidade de saúde para onde os presos que estão em estado grave em decorrência do coronavírus são encaminhados - tiveram acesso aos registros de óbitos e verificaram que não houve nenhuma morte nova. 
 
Dessa forma, as unidades prisionais contabilizam, até o momento, quatro óbitos, sendo de três detentos e um policial penal. O último custodiado que morreu após contrair o vírus era um idoso de 77 anos. Ele sofria de doença pulmonar crônica e insuficiência cardíaca e morreu no Hran no sábado passado (20/6). 
 
As unidades prisionais registraram, até a tarde deste sábado (27/6), 1.293 casos de coronavírus. Desses, 1.166 se recuperaram da doença.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »