07/07/2020 às 05h52min - Atualizada em 07/07/2020 às 05h52min

Vídeos. Ex-jogador do Benfica pega facão e corre atrás de síndico no DF

Em uma das gravações, é possível ver que o ex-atleta chama o vizinho de “viado", “boiola” e “baitola”. Depois, pede "perdão"

Ex-jogador do time de futebol português Benfica, Geovânio Bonfim Sobrinho, 57 anos, o Wando, pegou um facão e correu atrás do síndico do condomínio de alto padrão onde mora, no Distrito Federal, no sábado (4/7).
 

As imagens do circuito de segurança obtidas pela coluna Grande Angular, do Metrópoles, mostram o momento em que Wando abre a porta do carro, pega o facão e corre em direção a Tiago Teles Felinto, 35 anos, síndico do Condomínio Mirante do Parque, na Quadra 3 do Park Way.

Um boletim de ocorrência foi registrado na 11ª Delegacia de Polícia (Núcleo Bandeirante) como ameaça. Tanto Wando quanto o síndico constam como vítimas. O caso ocorreu durante uma reunião de moradores do condomínio.

O síndico contou que, após ver o ex-jogador com o facão, correu, entrou em casa e também pegou uma lâmina. A intenção era, segundo ele, se proteger para pegar a documentação do condomínio que havia sido deixada na rua.

Em imagens gravadas do celular de Felinto, antes de o ex-jogador pegar a arma branca, Wando diz que não gosta de “viado, “boiola” e chama o síndico de “baitola”. Depois, se ajoelha no chão e pede perdão.

Na gravação, é possível ouvir o síndico respondendo ao ex-atleta. “Primeiro, eu vou na delegacia registrar um boletim de ocorrência contra você. E depois é no processo, tá bom? Você está me ofendendo na frente de um monte de gente. Isso é humilhação”, responde.

Wando retruca: “Eu tenho um filho que é gay, entendeu? E eu não tenho preconceito nenhum. Eu te aceito como você é”, diz o ex-jogador.

O síndico

À coluna, Felinto disse que Wando é inadimplente desde 1997 e não foi convidado para a reunião dos moradores por esse motivo. “Quando ele apareceu, começou a me agredir verbalmente. A intenção dele era fazer essa ameaça, algo para me amedrontar, mas não imaginei que ele fosse pegar um facão e correr atrás de mim”, afirmou.

Ainda segundo o síndico, um policial civil e a esposa dele presenciam a cena. Felinto questionou a atitude do vizinho diante da situação. “A minha revolta foi de ter um policial civil na hora que não fez nada e se omitiu”, lamentou.

1
Versão do ex-jogador

À polícia, Wando afirmou que mora no residencial desde a fundação, há 25 anos. O ex-jogador declarou que teve “diversas divergências e troca de ofensas” com o síndico e que “percebe que é tratado de maneira diferente em relação aos demais moradores”.

Na delegacia, Wando contou que pegou o facão e disse: “Olha, você tem que respeitar homem”. Depois, conforme a versão do ex-jogador, Felinto correu para dentro da residência, voltou com arma semelhante em mãos e teria afirmado: “Agora vem, vai ser facão contra facão”. Uma vizinha teria entrado no meio e “mostrou que ambos estavam errados”.

O ex-jogador iniciou a carreira no Vasco, mas logo foi para Portugal, onde ganhou destaque no Benfica. Nas redes sociais, Wando posta imagens do tempo em que atuava pelo time. O boletim de ocorrência informa que hoje ele é auxiliar técnico de futebol.

A coluna entrou em contato com Wando, mas ele não quis se pronunciar sobre o assunto. A Polícia Civil do DF (PCDF) confirmou o registro da ocorrência e disse que a 11ª DP apura o caso.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »