18/07/2020 às 07h16min - Atualizada em 18/07/2020 às 07h16min

Imagens mostram mulher agredindo policial antes de ser pisada por ele. Veja

Na ocasião, os policiais alegaram que foram atacados pela mulher com uma barra de ferro e que estavam se defendendo

Ocaso de Parelheiros (SP), em que um policial militar aparece pisando no pescoço de uma mulher, caída no chão, já rendida em um operação ganhou mais um episódio: nesta sexta-feira (17/7), foram divulgadas imagens anteriores a este fato. No novo vídeo, a comerciante, de 51 anos, que foi imobilizada violentamente pelo PM, aparece agredindo um dos agentes.
 

Na ocasião, os policiais alegaram que foram atacados pela mulher com uma barra de ferro e que estavam se defendendo. Como é possível ver, primeiro um policial imobiliza um homem na calçada e, na sequência, aparece o outro PM tentando render um rapaz.

É nesse momento que surge a dona do bar com um cabo na mão. Ela passa a atacar o agente.

Para conter a mulher, um dos agentes coloca todo peso de seu corpo sobre ela, que estava no chão. Após a abordagem, ela precisou ser levada ao hospital, com ferimentos no rosto e a perna quebrada.

“Quanto mais eu me debatia, mais ele apertava a botina no meu pescoço”, disse, em entrevista. A vítima é viúva, com cinco filhos e dois netos, e vive das vendas de um pequeno bar próximo ao local onde foi agredida.

Relembre

Repercussão

Quando o primeiro vídeo tinha sido divulgado, a policia de São Paulo logo informou que os dois policiais ficariam afastados durante a apuração do caso. A Secretaria de Segurança disse que não compactua com esse tudo de procedimento.

O governador de São Paulo, João Doria, também comentou o assunto no Twitter e classificou a conduta dos militares de “inaceitável”.

 

REPRODUÇÃO TWITTER
 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego