18/07/2020 às 07h45min - Atualizada em 18/07/2020 às 07h45min

Dono de tubarões diz que comprou ovo em uma loja de animais exóticos

Na chácara na qual estavam os três tubarões, a polícia encontrou ainda sete serpentes, uma moreia e um lagarto teiú

O proprietário do imóvel no qual foram encontrados três tubarões, em uma chácara na Colônia Agrícola Samambaia, em Vicente Pires, afirmou à polícia que comprou o ovo de um dos tubarões em uma loja de animais exóticos. 
 
Além dos três tubarões, da espécie bambu, oriunda de países da Oceania, a casa ainda abrigava seis serpentes (duas jiboias arco-íris; duas pítons, da Ásia; e duas jiboias de Madagascar, da África), um lagarto teiú e um peixe moreia. O rapaz foi multado em R$ 39 mil. 
 
Denúncias anônimas levaram os agentes da Delegacia de Combate à Ocupação Irregular do Solo e aos Crimes Contra a Ordem Urbanística e o Meio Ambiente (Dema) a comparecerem à residência. Fontes policiais informaram que, no dia da abordagem, na sexta-feira passada (10/7), o dono do imóvel informou que comprou o ovo de um dos tubarões em uma loja de animais exóticos. Contudo, ele não apresentou a nota e não foi possível verificar a procedência. Em depoimento na delegacia, o acusado permaneceu calado. 
 
O rapaz recebeu multa de R$ 12 mil do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) por maus-tratos, uma vez que o local foi considerado inadequado para a criação. O suspeito apresentou a documentação apenas de uma jiboia nativa do cerrado e do lagarto teiú. Pelas seis serpentes mantidas de forma ilegal, ele foi multado em R$ 27 mil. 
 
O Ibama aguarda, ainda, a apresentação de documento sobre a origem dos três tubarões e da moreia. Caso contrário, o responsável receberá multa de R$ 2,6 mil por manter animal exótico sem autorização. Os peixes permanecem na chácara, enquanto o Ibama procura uma destinação adequada. 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego