02/08/2020 às 10h16min - Atualizada em 02/08/2020 às 10h16min

Jefferson: Ministros do STF “formaram uma organização criminosa”

GAZETA BRASIL

O presidente do PTB, Roberto Jefferson, disse nesta sexta-feira (24), em entrevista à CNN Brasil, que não pretende parar de criticar o Supremo Tribunal Federal (STF) por causa da censura das suas contas em redes sociais. “Vou continuar batendo nesses senhores”.

Jefferson disse que os ministros da Corte “formaram uma organização criminosa para a prática do crime de abuso de autoridade, e o chefe dessa organização criminosa é o ministro Alexandre de Moraes”.O delator do Mensalão disse ainda que os ministros do Supremo “não têm moral” para impedir que ele pare de criticá-los: “São lobistas ligados a empreiteiras, bancos, televisões, grandes escritórios de advocacia e partidos de esquerda”.

“Tem lá um juiz do Trabalho, e juiz do Trabalho na magistratura é de segunda categoria, é o baixo clero, é o cara da CLT, só tem um código pra ele, é juiz meia boca”, declarou o presidente do PTB.

Segundo Jefferson, a suspensão dos perfis nas redes sociais “vilipendia de tal maneira a Constituição que ela chutou o artigo 5º, que diz que todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza”.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »