01/10/2020 às 15h07min - Atualizada em 01/10/2020 às 15h07min

Corregedor recomenda continuidade do processo de cassação de Flordelis

Paulo Bengtson (PTB-PA) repassou o documento de 16 páginas ao presidente da Casa, Rodrigo Maia

O corregedor da Câmara, Paulo Bengtson (PTB-PA), entregou, nesta quinta-feira (1/10), o parecer ao presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), recomendando a continuidade do processo de cassação da deputada federal Flordelis (PSD-RJ). O relatório possui 16 páginas.

“O parece contém 16 páginas, tanto com acusação quanto com defesa. Ela [Flordelis] não conseguiu trazer à corregedoria provas de que não quebrou o decoro”, declarou Bengtson, após entregar o documento.

Agora, a Mesa Diretora avalia se remete ou não ao Conselho de Ética e Decoro Parlamentar, que não está funcionando. O projeto de resolução 53/20, que solicita a instalação de quatro comissões – entre elas, de Ética e a de Constituição e Justiça – ainda não tem acordo para ser votado.

A parlamentar foi ouvida no último dia 22, pelo corregedor, em seu apartamento funcional em Brasília. Na ocasião, “Flordelis estava mais abalada que na outra vez que a encontrei. Chorou em vários momentos do depoimento”, relatou Bengtson.

Flordelis e mais 10 pessoas foram indiciadas pelo assassinato do marido, pastor Anderson do Carmo, em junho de 2019, em Niterói. A parlamentar alega inocência e diz que é alvo de uma trama. O deputado Léo Motta (PSL-MG) apresentou representação contra ela por quebra de decoro parlamentar.

A reportagem entrou em contato com a defesa da deputada, mas não recebeu respostas até a última atualização desta matéria. O espaço segue aberto para manifesta

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »