21/11/2020 às 08h45min - Atualizada em 21/11/2020 às 08h45min

Acusado de tentativa de feminicídio no DF é condenado a 31 anos de prisão

Homem tentou matar ex-companheira e a filha dela, no ano passado, em Ceilândia. Vítimas convivem com traumas físicos e emocionais até hoje

Um homem acusado de tentar matar a ex-companheira e a filha dela foi condenado a 31 anos e 10 meses de prisão. O Tribunal do Júri de Ceilândia proferiu a sentença contra Nilton Imaculado Ribeiro nesta sexta-feira (20/11).

A tentativa de feminicídio aconteceu em 30 de setembro de 2019, por volta das 17h10, na QNP 26, em Ceilândia. O acusado atacou a ex-companheira com uma faca. O ataque deixou uma cicatriz na barriga da vítima.

A mulher ficou internada por mais de dois meses, recuperando-se da agressão. O ataque acentuou os sintomas de crises de ansiedade da qual a vítima já era portadora. Ela ainda tornou-se vítima de baixa autoestima.

A filha da vítima também sofre com traumas psicológicos e emocionais após a tentativa de feminicídio contra a mãe.

De acordo com a sentença, Nilton cumprirá a pena em regime inicialmente fechado. O acusado pode ainda recorrer.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »