05/01/2021 às 08h46min - Atualizada em 05/01/2021 às 08h46min

Ex-ministro da Agricultura Alysson Paolinelli será indicado ao Nobel da Paz

Promotor do avanço do agronegócio no Brasil, o agrônomo formulou políticas que ajudaram o país a deixar de importar comida

Aos 84 anos, o agrônomo brasileiro Alysson Paolinelli está sendo indicado por entidades do Brasil e do exterior como candidato ao Prêmio Nobel da Paz de 2021 por suas contribuições para a segurança alimentar brasileira, com políticas de expansão da produção agrícola, sobretudo no Cerrado, que levaram o país a deixar de importar para se tornar um grande exportador de comida.

Essas contribuições se deram nos anos 1970, quando Paolinelli ocupou os cargos de secretário de Agricultura de Minas Gerais e de ministro da Agricultura, durante o governo de Ernesto Geisel (1974-1979).

Com carreira iniciada na universidade, o gestor-professor sempre trabalhou pela inovação tecnológica do campo e pelo aumento da produtividade como solução para um país com as dimensões do Brasil se tornar um celeiro para o mundo.

Para garantir que o Estado pudesse atuar a fim de que o Brasil deixasse de depender de outros países para alimentar sua população, Paolinelli ajudou a criar e a fazer funcionar a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), um dos motores dessa modernização no campo, que possibilitou ao agronegócio se tornar um dos vetores econômicos do país.

A candidatura do brasileiro reflete uma preocupação dos organizadores do prêmio com a segurança alimentar em escala global. Em 2020, o prêmio Nobel da Paz foi concedido ao Programa Mundial de Alimentos da Organização das Nações Unidas (ONU) de combate à fome em todo o mundo.

Entre os argumentos das entidades que indicam o nome do brasileiro, está o fato de Paolinelli ter recebido, em 2006, outro prêmio internacional: o World Food Prize, criado por Norman Bourlang, Prêmio Nobel da Paz de 1970.

Ainda atuante, Paolinelli preside a Associação Brasileira dos Produtores de Milho (Abramilho) e é embaixador da Boa Vontade do Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura.

Para apoiar e divulgar essa candidatura ao Nobel da Paz, admiradores do ex-ministro estão promovendo um abaixo-assinado virtual.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego