16/04/2017 às 07h29min - Atualizada em 16/04/2017 às 07h29min

Ciclistas se aliam ao Detran no primeiro dia da campanha Ultrapasse. Não passe

Ação promoveu blitz educativa e passeio por Planaltina neste sábado (15). O objetivo é incentivar o respeito mútuo no trânsito

Por Agência Brasília
 

Um grupo de 150 ciclistas participou do lançamento da campanha Ultrapasse. Não Passe, do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF), em Planaltina, neste sábado (15). A iniciativa visa à conscientização de condutores sobre a distância de segurança de 1,5 metro do carro em relação a quem circula de bicicleta nas vias.


A ação, que ocorre no Dia Mundial do Ciclista, promoveu uma blitz educativa na Avenida Independência e um passeio pelas principais ruas da região administrativa. Para ilustrar o que representa a distância de segurança, o Detran fixou placas nas bicicletas, apelidadas de respeitômetro.

 

A legislação estabelece a distância de 1,5 metro em razão do tamanho médio das pistas brasileiras — de 3 metros. “Por isso, o recomendável é ultrapassar o ciclista, e não compartilhar a via com ele”, explica o diretor-geral do Detran, Silvain Fonseca. A campanha é feita em parceria com os grupos de pedal do Distrito Federal, como forma de incentivar o respeito mútuo no trânsito.


A iniciativa vai ser estendida a todas as regiões administrativas. “Buscamos um cenário pacífico nas vias do DF. A reflexão é essencial não só entre condutores e ciclistas, mas também entre ciclistas e pedestres, uma vez que a regra é o maior cuidar do menor sempre”, destaca Fonseca.

 

De janeiro a março, houve redução de 46% no número de mortes em acidentes de trânsito em Brasília. De acordo com o Detran, no primeiro trimestre de 2017, foram 54 vítimas fatais, contra 72 no mesmo período do ano passado.

 

Ciclistas de todo o DF podem aderir à parceria
A ação em Planaltina foi sugestão de um grupo de ciclistas locais. “Desejamos que ela se torne um marco para Brasília”, afirma o coordenador do grupo Pedala Planaltina, Eduardo Guimarães.

 

Ele ressalta que o desrespeito está, quase sempre, associado ao descumprimento de outras leis de trânsito. “Percebemos que os problemas se concentram à noite e aos fins de semana, quando os condutores saem para alguma festa e acabam fazendo algazarra. O consumo de bebida alcóolica está bastante associado a acidentes com ciclistas”, explica.


No âmbito do grupo, Guimarães conta que a orientação é seguir o previsto no Código de Trânsito Brasileiro (CBT). “Conscientizamos para que os ciclistas não façam nada errado. Além disso, em caso de atrito com o motorista, o ideal é não afrontá-lo, para evitar que o problema se agrave”, afirma.

 

Cidadãos que queiram propor alguma ação para o Detran podem entrar em contato, das 8 às 18 horas nos dias úteis, pelo telefone (61) 3901-4060, da Gerência de Ação Edcativa de Trânsito.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego