21/04/2021 às 07h42min - Atualizada em 21/04/2021 às 07h42min

PCDF prende motorista pedófilo que armazenava fotos de crianças nuas

O criminoso, de 29 anos, já havia sido preso em 2019 por ter centenas de imagens e vídeos de menores em cenas de sexo explícito

CARLOS CARONE
METRÓPOLES
Investigadores da Delegacia Especial de Repressão aos Crimes Cibernéticos (DRCC), da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), prenderam um motorista de supermercado, de 29 anos, por armazenar arquivos digitais envolvendo pornografia infanto-juvenil, nesta terça-feira (20/4), em Samambaia. A ação integra uma das etapas da operação “Coleciona-dores”, que combate a prática de pedofilia na internet.

As equipes chegaram até a casa do suspeito após a Justiça expedir mandado de busca e apreensão. Peritos do Instituto de Criminalística (IC) analisaram os computadores e dispositivos eletrônicos do motorista, ainda dentro da residência, e encontraram imagens e vídeos de exploração sexual de crianças e adolescentes. O material era captado pelo criminoso, supostamente, por meios digitais.

De acordo com o delegado Dário de Freitas Júnior, o investigado foi autuado em flagrante pelo crime de armazenamento de imagens e vídeos de exploração sexual infantil, de acordo com o Artigo 241-B, do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

“No interior da residência, apreendemos equipamentos eletrônicos que estariam sendo utilizados na prática das condutas criminosas. O detido foi levado à carceragem do Departamento de Polícia Especializada (DPE), onde permanecerá à disposição da Justiça”, explicou.

As penas para o delito podem chegar a 4 anos e, para o crime de disponibilização ou divulgação de material de pornografia infantil, a 6 anos por cada compartilhamento realizado.

Vale ressaltar que, em 2019, o indivíduo já havia sido detido em flagrante pela Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) do DF por armazenar cerca de 20 gigas de material (vídeos e fotografias) relacionado à pedofilia.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego