29/05/2021 às 07h44min - Atualizada em 29/05/2021 às 07h44min

Ex-vigia de escola no DF é preso por abusar de sobrinha de 7 anos

Suspeito esperava a menina chegar da escola e se deitar na cama para descansar. A violência sexual ocorreu ao longo de quatro anos

Carlos Carone
METRÓPOLES
Investigadores da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) da Polícia Civil do Distrito Federal (DPCA) prenderam um ex-vigia de escola pública, 46 anos, que violentou sexualmente a própria sobrinha  ao longo de três anos, entre 2009 e 2012. A menina tinha apenas 7 anos quando os abusos tiveram início.

A prisão ocorreu nessa quinta-feira (27/5), no Parque Estrela Dalva, em Santo Antônio do Descoberto, no Entorno do DF. A prisão foi condenatória e o criminoso terá que cumprir uma pena de 14 anos de reclusão. Ele foi levado para o Complexo penitenciário da Papuda, onde ficará preso.

De acordo com as investigações, as famílias da vítima e do agressor moravam casas próximas, dentro do mesmo lote, na Colônia Agrícola Samambaia. Quando a menina e os primos chegavam em casa da escola, logo após o almoço, deitavam na cama de um dos quartos para descansar. Nesse momento, o criminoso aproveitava para abusar sexualmente da sobrinha.
Tia abusada 

Segundo a delegada-chefe da DPCA, Simone Pereira, os pais da menina desconfiaram que a filha havia sido abusada quando uma tia comentou que havia sido alvo do estuprador. Ela chegou a registrar ocorrência na 38ª Delegacia de Polícia (Vicente Pires) sobre os abusos sofridos.

Conversando com a criança, os pais ouviram dela que o tio havia cometido abusos ao longo de quatro anos. “Os crimes foram praticados de forma reiterada. Após a expedição do mandado de prisão condenatória, as equipes da DPCA tiveram sucesso em localizar o alvo e fazer a prisão”, disse.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego