18/10/2016 às 19h36min - Atualizada em 18/10/2016 às 19h36min

​“AGORA É NO STJ”, diz a deputada Celina Leão.


CSM/Tribunalivredf.com.br
A decisão tomada nesta terça, 18, pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios, foi pela rejeição do recurso apresentado pela deputada Celina Leão, para retornar a presidência da Câmara Legislativa, cujo placar teve apenas um (1) voto de difeença
O plenário do TJDF é composto por 21 desembargadores. Onze votaram contra o retorno da deputada; outros 10 – incluindo o relator José Divino – acataram o recurso da defesa.
Mesmo assim, Celina Leão deu o seguinte depoimento:
“Estou muito feliz com o retorno dos membros da Mesa Diretora à Câmara Legislativa, em decisão, hoje, do Tribunal de Justiça do DF e Territórios. O resultado demonstra que não há ilicitudes no processo. No meu caso, só faltou um voto. Nosso Judiciário é muito equilibrado e acredito que todas as manifestações são democráticas. Decisão judicial não é questionável, mas respeitada. Não quisemos pular etapas, inclusive, tivemos oportunidade de ouvir a nossa Corte Judicial. Vamos recorrer da decisão, já nesta quarta-feira, aos tribunais superiores.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego