12/06/2021 às 08h23min - Atualizada em 12/06/2021 às 08h23min

Pros-DF marca reunião para discutir se expulsa Fernando Fernandes do partido

Segundo a legenda, parlamentar aceitou indicação para a Administração de Ceilândia e vota na CLDF sem consultar a sigla

O diretório regional do Pros no Distrito Federal convocou a executiva para debater a saída do deputado distrital Fernando Fernandes  (Pros), na segunda-feira (14/6).

Do ponto de vista do presidente regional, Virgílio Neto, desde as eleições, o parlamentar toma decisões sem consultar o partido, a exemplo da recente negociação para assumir a Administração Regional de Ceilândia.

Além disso, segundo Virgílio, Fernandes não consulta a legenda nas votações na Câmara Legislativa (CLDF). “Vota algumas vezes contra aquilo que a gente prega”, argumentou.

“Já que ele quer andar só, vamos tentar liberá-lo. Que ele busque os caminhos dele. Não queremos atrapalhar, mas não queremos que ele use o nome do partido. Ele não participa das decisões com a gente”, pontuou.

Segundo o dirigente, no meio político ainda corre a informação de que Fernandes poderia estar pensando em se filiar no MDB ou no PP. “Chegou a um ponto que não dá mais para alimentar isso”, afirmou.

Virgílio propõe uma carta de liberação, na qual Fernandes manteria o mandato. Mas, há filiados defensores da expulsão do parlamentar, transferindo a cadeira na CLDF para a legenda. A decisão será definida em votação.

Outro lado

O deputado Fernando Fernandes afirmou ter ficado surpreso com a notícia da reunião para decidir seu futuro no partido.

“Já procurei conversar com a presidência e ainda não consegui contato. A notícia me pegou de surpresa. Até onde sei, não cometi nenhuma falta grave. Já abri mão do mandato uma vez e tô abrindo de novo para o segundo suplente. Me considero um membro do grupo sem nenhum cometimento de faltas graves”, afirmou à reportagem.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego