12/06/2021 às 18h26min - Atualizada em 12/06/2021 às 18h26min

Morre, aos 80 anos, o ex-vice-presidente da República Marco Maciel

Político foi deputado, governador de Pernambuco, senador e vice-presidente da República de 1995 a 2003, no governo de FHC

O ex-vice-presidente da República Marco maciel  morreu, na madrugada deste sábado (12/6), aos 80 anos. Ele estava internado no hospital DF Star, em Brasília, devido a complicações após ficar internado por causa da Covid-19, em março, de acordo com familiares.

De acordo com nota enviada pelo hospital, a morte ocorreu em decorrência de um quadro infeccioso respiratório.

“O senador estava internado desde o dia 30/03/2021, recebendo todo apoio da equipe médica e de seus familiares. O Hospital se solidariza com a família e amigos por essa irreparável perda”, diz a nota assinada pela médica Ludhmilla Hajjar e pelo diretor-geral da instituição Guilherme Baptista Villa.O ex-presidente deixa a mulher, Anna Maria, e três filhos.

Segundo o genro de Maciel, Joel Braga, uma semana depois de sair do hospital, ele teve uma infeção e precisou voltar para o hospital. A infecção se espalhou pelo corpo e ele acabou tendo falência múltipla dos órgãos.

Marco Maciel foi deputado, governador de Pernambuco, senador e vice-presidente da República de 1995 a 2003, no governo de Fernando Henrique Cardoso. Depois, foi senador de 2003 a 2011.

Ele sofria de Alzheimer desde 2014 e, no início de março, foi internado por causa da Covid-19. O ex-vice-presidente chegou a ser entubado.

O sepultamento está marcado para as 17h no Campo da Esperança, em cerimônia restrita devido a pandemia. A partir das 14h30 também haverá o velório, no Salão Negro do Senado, cerimônia também restrita à familiares.

Na conta oficial do Democratas, o partido de Marco Maciel, divulgou um lamento do ex-ministro da Educação Mendonça Filho.

“No momento que o país precisa construir consensos, o Brasil perde o maior símbolo da política do diálogo: o pernambucano Marco Maciel. O Democratas perde um de seus maiores líderes. Perco um amigo, conterrâneo e exemplo de ética a ser seguido. Uma referência pessoal e política”, escreveu o ex-ministro da Educação Mendonça Filho.
:Perfil

Maciel até hoje é citado por políticos dos mais variados partidos como modelo ideal de vice, aquele que jamais cobiçou o lugar do presidente.

Foi senador por Pernambuco por 16 anos, governador do Estado, ministro da Educação no governo do presidente José Sarney e presidente da Câmara dos Deputados. É autor de frases repetidas até hoje. Uma delas: “Tudo pode acontecer, inclusive nada”.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego