23/06/2021 às 12h49min - Atualizada em 23/06/2021 às 12h49min

Projeto “the flash” cria cargos e altera estrutura da CLDF

RADAÇÃO BLOG DA CRIS OLIVEIRA

A Câmara Legislativa pretende votar, a toque de caixa, na sessão de hoje (23), projeto que altera a estrutura administrativa da Casa. O Projeto de Resolução 68/2021, tão rápido quanto o velocista escarlate, apareceu na ordem do dia de ontem do nada, sem sequer ter tramitado pelas comissões. Não chegou a ser apreciado pelo plenário na terça-feira, mas de hoje não deve passar.

O PR, assinado pelos membros da Mesa Diretoria, diminui de custos de cargos em comissão privativos de servidores efetivos e cria de cargos de chefia de divisão, no âmbito da Comunicação Social. A manobra se justifica com finalidade de abastecer a nova TV Legislativa, a “TV de Ouro” do vice-presidente Rodrigo Delmasso.

A medida, segundo os autores, não representa “aumento de despesas”. O que eles não contam é que os novos cargos de chefia, são de livre nomeação e favorecem as famosas indicações políticas. Ao contrário do que nos forçam a acreditar, o projeto é polêmico e, de ontem até hoje, já recebeu 14 emendas parlamentares.

Já destacamos aqui no Blog os custos milionários de implementação do projeto da TV Legislativa, mais um abuso financeiro da CLDF em plena pandemia. Além de sair caro aos cofres públicos, o projeto demanda terceirização de serviços e, agora, cria cargos de chefia ditos “sem custo”.

Sabe aquela sensação de “déjà-vu”? Algo me diz que os parlamentares, principalmente os membros da Mesa, estão prestes a embarcar, novamente, na “arca” furada de Delmasso, em mais um escândalo como o do Plano de Saúde vitalício protagonizado pelos deputados no ano passado.

PR-68-2021 altera estrutura CLDF

extinção de cargos

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego