24/07/2021 às 16h08min - Atualizada em 24/07/2021 às 16h08min

Procurando emprego? Novo Gama Precisa de um prefeito!

Tudo vai de mal a pior no desgovernado município de Novo Gama

Correio de Santa Maria
A cada dia observamos a ira e decepção da população de Novo Gama em relação ao péssimo sistema de saúde municipal que os atuais gestores (prefeito e secretário de saúde) estão oferecendo a quem necessita desse tipo de serviço. Nos postos de saúde é detectada a falta de médicos, medicamentos, equipamentos de prevenção e, para não ir mais além, até copo descartável falta nos bebedouros para uso da comunidade enquanto aguardam a resposta se serão atendidos ou não.

No decorrer da penúltima semana do mês de Julho, este que vos escreve, presenciou uma cena que lhe causou repulsa como cidadão de bem. Um paciente ao chegar no posto de saúde (se é que se pode chamar aquilo de posto de saúde) do Vale do Pedregal para trocar uma sonda, porém, foi imediatamente advertido: “Moço, aqui não temos luvas e nem álcool. Mas, se o senhor comprar, nos trocaremos a sua sonda”, disse a enfermeira

Inconformado, o cliente da saúde (e não paciente) salientou que iria denunciar o caso ao seu vizinho que é jornalista. Mas, antes que ele terminasse de concluir a sua frase, a enfermeira se adiantou: Mande o seu amigo Jornalista me procurar, mas, sem querer que eu me identifique. Pois, “vou dizer a ele que nos postos de saúde de Novo Gama falta desde o material de limpeza a medicamentos”, afirmou a profissional da saúde. A sensação em ouvir isso da boca de uma profissional que trabalha revoltada por não ter condição de atender quem vai à busca de uma consulta ou um tratamento demonstra claramente a sensação de abandono, desprezo e falta de zelo com a população do município de Novo Gama.

O caos é absoluto não apenas na área de saúde, mas, nos demais segmentos constituídos para prestar um serviço no mínimo digno á uma população que tem por princípio e caráter pagar suas obrigações tributárias em dia. Mesmo assim a atual gestão municipal não consegue dar uma única resposta positiva para a sociedade, em nenhuma área. Daí o porque de uma parte da população chamar o prefeito pelo apelido “CARLINHOS ENGANAÇÃO”.

É penoso você não encontrar nada que lhe leve a tecer um elogio aos mandatários, sejam eles do Executivo e até alguns integrantes do Legislativo municipal. Pois, enquanto o prefeito FINGE que governa, alguns vereadores FINGEM que fiscalizam os diversos  casos de omissão e desmandos por parte da administração “UM NOVO TEMPO”, e que promove revolta em toda a população. Sem dúvida alguma, a comunidade, a cada dia se torna vítima fatal da ineficácia e da falta de compromisso destes que foram legitimamente escolhidos para empurrar o povo com a barriga.

Serviços essenciais assegurados por lei ao cidadão como saúde, educação, infra-estrutura e transporte público estão entre as principais mazelas do município de Novo Gama. Postos de saúde sufocados pela falta de equipamentos básicos, Transporte feito por duas modalidades de ônibus sucateados e com tempo de uso ultrapassados, uma chacoteada de VIAÇÃO FERRO VELHO (Novo Gama/Brasília) e a outra chamada de EXPRESSO SUCATA (circular interbairros), sem contar as ruas cheias de lixo e esburacadas EMOLDURANDO o cartão postal de Novo Gama.

Enquanto o descaso e o abandono reinam a população não tem a quem recorrer. Diante deste cenário desolador, o gestor desfila pela cidade nas suas caminhonetes de luxo, com direito a motorista particular, talvez, a forma na qual ele encontrou para encobrir a sua ineficiência administrativa. Inclusive, comentam nas esquinas  de que é o ex-prefeito Everaldo Vidal que está administrando o município... Sei não. Mas, não é de se duvidar.

Encerrando a minha linha de raciocínio, quero aqui deixar claro à  horda de bajuladores e puxa sacos do atual prefeito que, não critico pelo simples fato de criticar ou por qualquer tipo de animosidade com a pessoa do tal prefeito e de alguns vereadores que sequer sabem para o que foram eleitos. Mas, quando critico faço para ver se desperta em alguém dessa gestão , o senso de responsabilidade e compromisso de que foram constituídos para mudar determinada realidade através de projetos ou estratégias capazes de extinguir o caminho da má vontade política somada à ineficiência e a inutilidade, despertando-os para que desçam do salto alto, e comecem a respeitar a população, em especial o contribuinte, responsável por bancar o salário dos parasitas que buscam na política uma forma de apenas se dar bem.

A uma grande parte de políticos que se intitulam “autoridades”, tanto do executivo quanto alguns do Legislativo, eis o meu único alerta: Quando os que governam perdem o compromisso e o caráter, os que deveriam obedecer perdem o respeito por eles!
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego