25/07/2021 às 09h31min - Atualizada em 25/07/2021 às 09h31min

Projeto da Secretaria de Segurança abordou mais de 3 mil pessoas na Estrutural

Secretaria de Segurança do DF divulgou resultados do primeiro mês de trabalho do ASP na Estrutural. Pasta garante que houve redução da criminalidade e atendimentos necessários para população

* Com informações da SSP/DF
O projeto Área de Segurança Prioritária (ASP), na Cidade Estrutural, lançado pela Secretaria de Segurança Pública do DF (SSP/DF), completou 1 mês de funcionamento. Para cumprir o trabalho, neste período, de acordo com a pasta, cerca de 3, 3 mil pessoas foram abordadas e 635 fiscalizações veiculares aconteceram na região. Porções de entorpecentes e seis armas de fogo também foram apreendidas.
 
O ASP promoveu uma média de dois mil atendimentos em ações de promoção de cidadania e prevenção da criminalidade. “A população já percebe as mudanças pela maior presença das forças de segurança e demais órgãos participantes na Estrutural. Toda a programação preparada para a região, seja de enfrentamento qualificado à criminalidade, seja de prevenção e promoção da cidadania, foi pensada para proporcionar melhor qualidade de vida aos moradores”, disse o secretário de Segurança Pública do DF, Júlio Danilo.
 
O local de realização do ASP é definido a partir de pesquisas e estudos, que levam em conta extensão territorial e indicadores criminais altos em relação à média do DF. “Após um diagnóstico, com base em dados e levantamentos, elaboramos um plano de ação integrado junto aos órgãos do governo, como Casa Civil, Administração Regional, Secretarias de Obras e da Mulher, CEB, DF Legal e as forças de segurança pública”, ressalta Júlio Danilo.
 
O Departamento de Trânsito (Detran-DF) realizou 314 abordagens no período. Os agentes fizeram ainda 48 remoções de veículos ao depósito, autuaram 40 pessoas por alcoolemia e emitiram, ainda, 65 multas pelo cometimento de diferentes infrações.
 
O Instituto Brasília Ambiental realizou 79 fiscalizações em bares e distribuidoras e apreendeu três caixas de som, que não estavam em conformidade com as regras de poluição sonora. A Secretaria DF Legal atuou fiscalizando 23 estabelecimentos e aplicou três notificações.
 
As ações foram realizadas pelo batalhão local – o 15º Batalhão – e tropas especializadas, como o Batalhão de Policiamento com Cães (BPCães), Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (ROTAM), Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran) e Batalhão de Policiamento Rodoviário (BPRv).
 
Novo batalhão da PMDF
Dentro das ações de segurança da ASP, nesta semana, foi publicado o aviso de licitação, para construção da nova sede para funcionamento do 15º Batalhão. A publicação do aviso no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) tornou público a abertura do certame para contratação de empresa especializada em arquitetura e engenharia civil.
 
O novo endereço está previsto para ser construído no Setor Central, Área Especial 01 da Cidade Estrutural.
 
 
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego