27/07/2021 às 16h04min - Atualizada em 27/07/2021 às 16h04min

Joice Hasselmann presta depoimento e entrega objeto encontrado em casa à Polícia Civil

Parlamentar disse que objeto foi encontrado no último domingo (25/7) e não pertence a ela nem a ninguém que frequenta a sua casa

A deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) prestou depoimento nesta segunda-feira (26/7) à Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) no âmbito da investigação que apura se a parlamentar foi agredida dentro de casa, em um apartamento funcional, em Brasília. Ao concluir o depoimento, ela disse à imprensa que encontrou um objeto no último domingo (25/7), que não pertence a ela nem a ninguém de sua casa, e que entregou o objeto à polícia. Joice não quis dizer o que é, mas afirmou não ser um objeto cortante.

"Não é uma arma, não é um objeto cortante. É um objeto que não pertence a ninguém da minha casa. Não estava sujo de sangue. Só prova que, de alguma forma, alguém esteve lá. Se foi antes, depois, se foi em outro momento, se tem ligação com o caso, a polícia vai me dizer", afirmou. Segundo ela, o referido objeto foi recolhido por um policial legislativo. O caso também está sendo apurado pela Polícia Legislativa, por se tratar de um apartamento funcional, e pelo Ministério Público Federal, acionado pela polícia.

A deputada relatou na semana passada ter acordado no chão de sua casa no dia 18 de julho, ensanguentada e com dois dentes quebrados, sem se lembrar do que aconteceu. Seu marido, o médico Daniel França, estava no apartamento, mas em outro quarto. Ao acordar, ela relata que pediu ajuda a ele, e que foi socorrida. Dois dias depois a parlamentar foi a um hospital e constatou cinco fraturas na face e uma na coluna, levantando a suspeita de que ela poderia não ter caído, mas, sim, ter sido agredida. No último domingo, os dois concederam entrevista na qual o médico negou ter agredido a esposa, como tem sido ventilado nas redes sociais.

Aos policiais, Joice deu dois nomes suspeitos, de desafetos políticos, que teriam fácil acesso ao local e que poderiam querer agredi-la. Ainda nesta segunda-feira (26), ela foi realizar um exame no Instituto Médico Legal (IML), para uma perícia sobre as lesões. Apesar de o episódio ter ocorrido há alguns dias, a parlamentar disse que a análise não seria prejudicada devido ao fato de ela ter feito exames que serão entregues aos peritos.

A deputada disse que no primeiro dia não tinha manchas roxas, e que só 24 horas depois elas começaram a surgir, ocasião em que por insistência de seu marido, ela foi a uma unidade de saúde realizar tomografias.

A parlamentar explicou que também solicitou perícia do seu carro, para mostrar que não sofreu acidente algum, após comentários de que teria sido este o motivo das suas lesões.

Joice informou que abriu um boletim de ocorrência contra o senador Styvenson Valentim (Podemos), por ele ter dito que ela usou drogas em uma transmissão ao vivo, e que irá levar uma denúncia ao Conselho de Ética. A parlamentar disse que também fará uma notícia-crime para que o ministro do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República (GSI) general Augusto Heleno seja ouvido, depois que ele foi ao Twitter, segundo ela, "debochar". Ela disse que dará, ainda, boletim de ocorrência contra dois deputados, mas não quis dizer os nomes.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego