29/07/2021 às 08h18min - Atualizada em 29/07/2021 às 08h18min

Ligado ao Comando Vermelho, bando que aplicava golpe pelo zap é alvo da PCDF

Operação da Polícia Civil do DF prende criminosos que se passavam por parentes e amigos das vítimas para pedir transferências bancárias

A Delegacia Especial de Repressão aos Crimes Cibernéticos (DRCC), da Polícia Civil do DF (PCDF), deflagrou, nesta quinta-feira (29/7), a Operação Dóloma, que investiga associação criminosa acusada de aplicar golpes por meio de mensagem de WhatsApp. O bando tem vínculo com o Comando Vermelho (CV).
 
 
Muitas vítimas são de Brasília. Segundo a investigação, parte das ligações partia de dentro de presídios de Goiânia. Outras eram feitas por dois integrantes do CV.
 
De acordo com os investigadores, os alvos têm passagens recentes pelo sistema penitenciário de Goiás. Eles entravam em contato com as vítimas e se passavam por algum parente ou amigo. Depois, as convencia a fazer transferências bancárias de valores variados, sob o pretexto de necessidade urgente. Os valores transferidos pelas vítimas tinham como destino contas bancárias de pessoas com domicílio do estado de Mato Grosso, possivelmente arregimentadas por outros integrantes do grupo.
 
A operação policial cumpriu dois mandados de busca a apreensão e outros dois de prisão preventiva, por decisão da 3ª Vara Criminal de Taguatinga-DF. As diligências foram feitas em Goiânia (GO). A PCDF contou com o apoio operacional da DERCC, da Polícia Civil de Goiás, e do Grupo Tático 3 (GT3).
 
 
Um dos presos vai ficar em Goiânia por causa de flagrante de tráfico de drogas. O outro membro da facção virá para o DF com as equipes da DRCC.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego