04/08/2021 às 07h44min - Atualizada em 04/08/2021 às 07h44min

Corpo encontrado carbonizado no DF é de jovem que desapareceu ao sair de trabalho

Brendon Lucca de Jesus, 23 anos, estava desaparecido desde 21 de julho, quando saiu do trabalho, em um atacadão situado em Planaltina de Goiás. O corpo foi encontrado no Núcleo Rural Monjolo, na área rural de Planaltina

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) confirmou que o corpo encontrado carbonizado em 28 de julho, na DF-131, no Núcleo Rural Monjolo, área rural de Planaltina, é de Brendon Lucca de Jesus, 23 anos. O jovem estava desaparecido desde 21 de julho, quando saiu do trabalho, em um atacadão situado em Planaltina de Goiás. Imagens do circuito de segurança registraram a vítima entrando em um Uno cinza (veja o vídeo abaixo).
 
 
O cadáver foi encontrado por um caseiro de uma fazenda localizada no Núcleo Rural Monjolo. Segundo a testemunha, o corpo estava dentro de pneus. Após a perícia no local, o cadáver foi removido ao Instituto de Medicina Legal (IML), onde a equipe inspecionou o material remanescente da pele nas regiões das mãos e pés. Colhido o vestígio papiloscópico, os peritos conseguiram identificar o cadáver carbonizado.
 
 
Desde o dia do desaparecimento, amigos e familiares de Brendon fizeram posts sobre o desaparecimento do jovem. Em um vídeo gravado à época, a mãe contou que o jovem estava trabalhando e que “pegaram o filho”. Ele não tinha passagens pela polícia. A investigação segue a cargo da 16ª Delegacia de Polícia (Planaltina) para identificar os autores do crime.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego