21/08/2021 às 09h38min - Atualizada em 21/08/2021 às 09h38min

Após pedido de impeachment contra Moraes, Alcolumbre congela sabatina de Mendonça

O parlamentar considerou a apresentação do pedido de impeachment assinado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) como “lamentável”

Após o pedido de impeachment contra o ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes, o senador Davi Alcolumbre (DEM-AP) avisou a governistas, na noite desta sexta-feira (20/8), que decidiu suspender a análise da indicação de André Mendonça para o STF na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado.

Segundo parlamentares ouvidos pela coluna, Alcolumbre — que preside a CCJ — considerou a apresentação do pedido assinado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) como “lamentável” e uma “afronta grave” às instituições. O senador estava no prédio do Senado, em Brasília, quando um auxiliar do chefe do Palácio do Planalto protocolou o documento, no início da noite de hoje.

Na quinta-feira (19/8), o democrata chegou a sinalizar, nos bastidores, que pautaria a sabatina de Mendonça para o início de setembro. O senador já estava, inclusive, em conversas avançadas para anunciar o relator. Segundo aliados de Alcolumbre, a sabatina do procurador-geral da República, Augusto Aras, na CCJ segue mantida para terça-feira (24/8).
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego