28/10/2016 às 09h17min - Atualizada em 28/10/2016 às 09h17min

Crise na polícia. Delegado puxa arma para colega dentro da 32ª DP

Blog do Mino

 crise institucional que toma conta da Polícia Civil teve um no. Um delegado chegou a puxar a arma para outro colega dentro da 32ª Delegacia de Polícia (Samambaia), nesta segunda-feira (24/10). O caso ocorreu durante a transmissão do cargo de delegado-chefe, após as exonerações publicadas no Diário Oficial do DF envolvendo um grupo de delegados “insurgentes” e que são contra a gestão do diretor-geral Eric Seba.

Após uma ríspida discussão, o delegado Júlio Cesar de Oliveira Silva, que assumiu o cargo de Moisés Martins, sacou a arma e apontou para o colega. Um dos agentes que estava próximo precisou intervir e dar uma chave de braço no novo delegado-chefe, segundo informações repassadas por Rodrigo Franco, presidente do Sindicato dos Policiais Civis (Sinpol).

Ainda segundo Franco, a discussão ocorreu pela manhã, durante a transmissão da documentação da delegacia. Julio Cesar tentou expulsar Moisés Martins da DP e os dois quase partiram para a agressão física, ainda de acordo com o Sinpol. “Julio teria dito que iria resolver a questão naquele momento e colocou a mão na pistola .40. Os policiais da delegacia evitaram o pior’, disse o presidente do Sinpol.

Procurados, os delegados envolvidos no episódio e a direção da Polícia Civil não se manifestaram até a última atualização desta reportagem. Nesta segunda, a categoria faz uma mobilização em frente ao Palácio do Planalto. O objetivo do ato é informar o presidente da República, Michel Temer (PMDB-SP), sobre “a situação caótica em que vive a segurança pública do DF”.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego