18/06/2024 às 06h50min - Atualizada em 18/06/2024 às 06h50min

Carimbos encontrados com homem preso em Goiânia eram de psiquiatras e neurologistas

Todos esses médicos estão com cadastro ativo no Conselho Regional de Medicina (CRM) e, portanto, são aptos a expedir receita

Foto: Reprodução

A maioria dos carimbos encontrados pela Polícia Civil com o homem que foi preso em Goiânia nesta segunda-feira (17), suspeito de armazenar e vender medicamentos proibidos, eram de psiquiatras e neurologistas. A informação foi dada pelo delegado Murilo Leal, responsável pela operação, em entrevista à TV Anhanguera.

Todos esses médicos estão com cadastro ativo no Conselho Regional de Medicina (CRM) e, portanto, são aptos a expedir receita para aquisição de remédios controlados.

Com o suspeito, a polícia encontrou, por exemplo, anabolizantes, morfina e abortivos, além de latas de fórmula infantil e drogas.

Junto com os carimbos havia uma série de blocos de receita médica em branco, o que sugere que, além de vender medicamentos controlados (ou de comercialização proibida no Brasil), o criminoso também viabilizava receitas falsas.

A polícia tenta descobrir se o homem falsificava assinatura dos médicos e se havia uma rede de colaboradores e coautores atuando com ele.

Os mandados de prisão e de busca e apreensão foram cumpridos em uma residência no Jardim Colorado 1, em Goiânia.

O Conselho Regional de Medicina ainda não se manifestou a respeito do caso.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »