09/07/2024 às 06h32min - Atualizada em 09/07/2024 às 06h32min

Valdemar lança filho de Bolsonaro como candidato ao Senado em 2026

Presidente do PL subiu sem Bolsonaro no palco da Cpac; os dois estão proibidos de ocuparem o mesmo espaço, por decisão de Moraes

​Valdemar foi só elogios a Eduardo Bolsonaro - (crédito: Reprodução/Redes sociais)

O presidente nacional do PL, Valdemar da Costa Neto, abriu os trabalhos deste domingo da reunião da cúpula de direita que ocorre em Balneário Camboriú (SC), a Cpac. O dirigente aproveitou o evento e lançou o nome do deputado Eduardo Bolsonaro (PL-SP) como candidato a senador por São Paulo em 2026. E disse apostar que será o senador eleito com a maior votação da história do país. Valdemar foi só elogios ao filho do ex-presidente Jair Bolsonaro.

"Tenho me surpreendido com o trabalho do Eduardo Bolsonaro no país, e fora do país também. Estou há 40 anos na política e nunca vi um trabalho como este que foi desenvolvido pelo Eduardo desde o dia que ele entrou na política. Nossa luta agora é que queremos, isso vai depender do Bolsonaro, queremos o Eduardo candidato a senador em São Paulo em 2026. Será o mais votado da história do país. Isso se o Bolsonaro não precisar dele para outra coisa", disse Costa Neto.

Em 2026, cada estado irá escolher dois senadores nas eleições.

O dirigente do partido não subiu no palco com Bolsonaro. Eles estão proibidos de ocuparem mesmo espaço por determinação do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), por responder a inquérito que investiga tentativa de golpe de Estado no Brasil. Valdemar entregou o PL nas mãos do ex-presidente e disse que Bolsonaro é quem decide hoje a vida da legenda. E elogiou pai e filho.

"Chegamos onde chegamos graças ao Bolsonaro. Esse trabalho, nosso apoio (ao Cpac), não fazemos mais que nossa obrigação. O trabalho que o Eduardo tem desenvolvido na Argentina, na Holanda, na França e Itália. Se Deus quiser, os Estados Unidos (se referindo a possível vitória de Donald Trump), com certeza no Brasil em 2026. Ninguém vai tirar essa campanha de nós".

Para Costa Neto, Bolsonaro só cresce em popularidade com "cada bobagem que eles falam" dele. E foi além: "Ninguém tem o carisma do Bolsonaro no planeta Terra. Se tem alguém, ainda não se descobriu. Até porque tem muita gente que não tem oportunidade na vida".


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »