06/09/2017 às 17h39min - Atualizada em 06/09/2017 às 17h39min

Brazlândia terá novo Banco de Leite de Humano

Estrutura permitirá dobrar a capacidade de atendimento da unidade

Assessoria de Comunicação Social

 

 A ordem de serviço para a construção do novo Banco de Leite de Brazlândia, será três vezes maior que o atual, foi assinada nesta quarta-feira (6) pelo governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg. A estrutura será erguida em área adjacente à maternidade do Hospital Regional de Brazlândia. Serão investidos R$ 528.755,68, provenientes de emenda parlamentar. As obras, licitadas em parceria pela Secretaria de Saúde e da Novacap, devem ser concluídas em 120 dias.

 

Ao lado da colaboradora do governo, Márcia Rollemberg, e do secretário de Saúde, Humberto Fonseca, o chefe do Executivo destacou que essa é mais uma ação do projeto Criança Candanga. "Essa obra era aguardada há mais de 10 anos. Com essa ampliação, teremos melhores condições de prestar esse serviço de extrema importância para as crianças internadas nas UTIs", comemorou. Rollemberg também agradeceu ao deputado distrital Juarezão, que estava presente e foi responsável pela destinação de emendas para a obra.

 

O secretário de Saúde lembrou que o banco funciona atualmente em um espaço de 45 metros quadrados, no ambulatório do hospital regional. "A nova área de construção de 128 metros quadros é acima do quantitativo mínimo preconizado para um banco de leite. Somos a capital do aleitamento materno e essa é mais uma ação que demonstra o compromisso com essa questão", disse Fonseca, fazendo referência à Resolução – RDC nº 171, de 4 de setembro de 2006.

 

Para a coordenadora dos Bancos de Leite do DF, Miriam Santos, a construção permitirá dobrar a capacidade de coleta, processamento, controle e distribuição do leite humano. "Esse é mais um passo para ampliarmos o nosso serviço e a assistência às mães e bebês que precisam", finalizou.

 

REFERÊNCIA - Brasília é reconhecida pelo Ministério da Saúde como a Capital Nacional dos Bancos de Leite. Com 10 bancos de leite humano localizados na Asa Norte e Sul, Ceilândia, Gama, Planaltina, Paranoá, Sobradinho, Santa Maria, Taguatinga, além de Brazlândia, a Secretaria de Saúde é responsável por 90% da coleta de leite humano na capital.

Todos eles fazem parte da Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano (que conta com 217 unidades em todo o país) e são classificados como referência nacional no Ministério da Saúde.

 

ESTOQUE - De janeiro a agosto de 2017, foram coletados 11.318 litros de leite humano no DF. O número de receptores chegou a 7.224 neste ano. Em relação à quantidade de doadoras, foram 3.912 mulheres doadoras. Também foram realizadas 20.233 visitas domiciliares.

 

COMO DOAR – As mães saudáveis que estejam amamentando e queiram contribuir com a doação de leite materno podem ligar para o telefone 160, opção 4, e agendar para que as equipes do Corpo de Bombeiros façam a coleta na residência. Outra opção é se cadastrar pelo hotsiteamamentabrasilia.saude.df.gov.br.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego