17/09/2017 às 11h00min - Atualizada em 17/09/2017 às 11h00min

Governo quer 11 bi que Moro recuperou dos corruptos

A União pediu ao juiz federal Sérgio Moro para receber os tributos sonegados e suas respectivas multas referentes aos R$ 10,8 bilhões já recuperados pela Operação Lava Jato antes mesmo da Petrobrás, considerada a maior vítima do esquema de cartel e corrupção descoberto pela força-tarefa. A Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional já ajuizou sete medidas cautelares na 13.ª Vara Federal Criminal de Curitiba a fim de bloquear imediatamente R$ 195 milhões para o futuro pagamento de dívidas com a União decorrentes de sonegação fiscal.

O órgão alega que a União deve ser ressarcida preferencialmente porque é “vítima”. “É imperioso que a Fazenda Nacional faça valer sua condição de vítima nos processos criminais e também seja agraciada com a destinação dos valores arrecadados nesses processos em virtude dos acordos de colaboração premiada”, escreveram os procuradores da Fazenda Nacional nos pedidos feitos a Moro.
 

A União pediu ao juiz federal Sérgio Moro para receber os tributos sonegados e suas respectivas multas referentes aos R$ 10,8 bilhões já recuperados pela Operação Lava Jato antes mesmo da Petrobrás, considerada a maior vítima do esquema de cartel e corrupção descoberto pela força-tarefa. A Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional já ajuizou sete medidas cautelares na 13.ª Vara Federal Criminal de Curitiba a fim de bloquear imediatamente R$ 195 milhões para o futuro pagamento de dívidas com a União decorrentes de sonegação fiscal.

O órgão alega que a União deve ser ressarcida preferencialmente porque é “vítima”. “É imperioso que a Fazenda Nacional faça valer sua condição de vítima nos processos criminais e também seja agraciada com a destinação dos valores arrecadados nesses processos em virtude dos acordos de colaboração premiada”, escreveram os procuradores da Fazenda Nacional nos pedidos feitos a Moro.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego