21/09/2017 às 13h17min - Atualizada em 21/09/2017 às 13h17min

A comida do Fodão. Eliseu Padilha era o Fodão das planilhas da Odebrecht

Eliseu Padilha tinha outros codinomes no departamento de propinas da Odebrecht

O Antagonista

Um relatório da PGR, obtido por O Globo, mostra o que seriam pagamentos do departamento de propinas da empreiteira ao ministro da Casa Civil.

 

Os peritos rastearam no sistema Drousys uma entrega de 200 mil reais em espécie ocorrida em Porto Alegre, em 3 de agosto de 2010.

 

A senha usada para a propina foi “comida”.

 

Lava Jato rastreia propina de Bicuíra

 

Eliseu Padilha tinha outros codinomes no departamento de propinas da Odebrecht.

 

Além de Fodão, ele era chamado também de Primo e Bicuira.

 

Diz o relatório da PGR obtido por O Globo:

 

“As planilhas encontradas no sistema Drousys revelam sete pagamentos no total de R$ 1.490.909,00 em 2010, feitos pela Odebrecht em favor de ‘Bicuira’, que, segundo os colaboradores, é o codinome de Eliseu Padilha”.

 

Trata-se da prova documental do que já se sabia por meio do depoimento dos delatores.

 

Veja aqui:


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego