11/11/2017 às 07h12min - Atualizada em 11/11/2017 às 07h12min

O bonde da Anvisa para Madri

Nada menos que 13 funcionários da agência reguladora participarão de um congresso na capital espanhola.

Revista Época

Na próxima semana, 13 funcionários da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) deixarão seus postos de trabalho em Brasília e seguirão para Madri. Ficarão cinco dias sem aparecer na agência reguladora. O custo estimado para os cofres públicos é de R$ 150 mil. O motivo da viagem é a participação deles em um congresso cujo tema é “A reforma do Estado e da administração Pública”, organizado pelo Centro Latino-Americano de Administração para o Desenvolvimento (Clad). Um dos viajantes será o diretor adjunto da presidência da Anvisa, Pedro Ivo Sebba.

 

A obsessão pelo congresso em Madri não é exclusividade da Anvisa. Funcionários dos ministérios da Fazenda, da Educação, dos Direitos Humanos, do Desenvolvimento Social, do Planejamento, dos Transportes e de Minas e Energia e das universidades de Brasília, Federal do Rio Grande do Norte, Federal do Paraná, Federal de Santa Catarina e Federal Rural da Amazônia também estarão por lá.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »