25/11/2017 às 12h47min - Atualizada em 25/11/2017 às 12h47min

Defensoria lança edital para alugar nova sede. Ops, foi engano...

Eixo Capital

Ana Maria Campos
Correio Braziliense

Quase um ano depois de entrar em uma grande polêmica ao alugar um prédio por R$ 1,5 milhão com dispensa de licitação, a Defensoria Pública do Distrito Federal lançou nesta semana um edital para locar uma nova sede. O contrato atual gerou controvérsia depois que o TCDF apontou irregularidades na negociação e por conta da informação de que o edifício pertence a pessoas ligadas à família do distrital Rafael Prudente (PMDB). 

 

Ops, foi engano...

O aviso de procura para abrigar a estrutura administrativa da Defensoria estabelecia a necessidade de o imóvel ser central, com área útil em torno de 3 mil metros quadrados, com acessibilidade, climatização e proximidade de transportes públicos. A reportagem questionou a Defensoria sobre os motivos da nova mudança de sede. Mas a assessoria do órgão informou que o edital sobre o aluguel não passa de um engano… Segundo o órgão, um funcionário publicou o documento por engano e, na verdade, a Defensoria não vai mudar de endereço. A estrutura continua no polêmico prédio.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego