08/01/2018 às 08h11min - Atualizada em 08/01/2018 às 08h11min

Advogada é presa ao tentar fazer arrastão em condomínio de Taguatinga

Ela, que tem carteira da OAB, e o companheiro, sem profissão conhecida, portavam uma pistola e uma arma de cano longo no momento da abordagem

Jbr

A Polícia Militar do DF prendeu um casal suspeito de tentar fazer um arrastão no condomínio Top Life, na QI 17 de Taguatinga Norte, por volta do meio-dia deste sábado (6) . Ao serem abordados, a mulher apresentou uma carteira da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB)  do DF que, aparentemente, não é falsa.

Segundo o Major Cláudio Santos, responsável pela prisão dos dois, os homens do Grupo Tático Operacional (GTO) do 2º Batalhão de Taguatinga receberam informações sobre uma tentativa de assalto no condomínio e montaram uma campana. “A gente esperou um carro com as características passadas chegar para fazer a abordagem, quando chegou nós agimos”, detalhou o policial.

Para facilitar o acesso ao local, a mulher teria tentado dar uma carteirada na guarita de entrada, sem sucesso. Com ela e o companheiro foram encontradas uma pistola e uma arma de cano longo, e eles foram encaminhados à 12ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Centro), onde foram autuados por porte ilegal de armas de fogo. A identidade deles ainda não foi confirmada, mas o homem teria 29 anos.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego