13/01/2018 às 07h45min - Atualizada em 13/01/2018 às 07h45min

Cerco a parlamentares e ministros corruptos

O grupo da Lava Jato que investiga exclusivamente políticos – deputados, senadores e ministros – com foro privilegiado no Supremo Tribunal Federal ganhou um reforço nesta sexta-feira, 12. A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, designou o procurador da República Alessandro José Fernandes, que atua no Paraná, para integrar o Grupo de Trabalho. Fernandes vai colaborar com os trabalhos e também continuará exercendo suas atribuições na Procuradoria da República no Paraná. O objetivo da medida, segundo a PGR, “é garantir a celeridade e o devido aprofundamento das investigações criminais contra pessoas com prerrogativa de foro perante o STF”.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego