03/12/2016 às 14h03min - Atualizada em 03/12/2016 às 14h03min

Sérgio Moro, meu herói.

Lucimar Nascimento
Queridas pessoas! Refleti sobre os motivos que me levaram a eleger o Juiz Sérgio Moro um herói para mim. Identifiquei que os motivos eram todos provenientes de eu querer atrelar a "um rosto", a minha necessidade de manter esperanças do Brasil se tornar um País bem melhor de se viver, como jamais foi um dia. Mas, para ser um dos meus heróis teria que reunir muito mais atributos. Ainda mais que já tenho um, ou melhor, sempre tive, como parâmetro, que é o meu pai, que Deus levou no ano passado, mas que estará sempre comigo, a me inspirar e orientar. Logo, para eu permitir que alguém seja também um herói para mim, preciso discernir melhor sobre todo o comportamento desse alguém, dentro do contexto certo. Portanto, reconheço que me precipitei ao depositar nos ombros do Excelentíssimo Juiz Dr Sérgio Moro, tamanha responsabilidade. Sem desmerecê-lo, na verdade, percebo agora que a crise política, provocada por esse mar de lama do qual se tem notícia a todo instante, permitiu em mim a construção da imagem de um herói, apenas, um homem sério, cumpridor dos seus deveres e que não se curva diante das pressões de toda ordem. Se eu continuasse a elegê-lo meu herói, eu estaria em débito comigo mesma, pois estaria deixando de mostrar tantos outros nomes que, para mim, também representam a honestidade, firmeza de caráter e competência para realizarem o que está ao alcance deles. Portanto, quero dizer a vocês que ainda não apareceu uma única figura que eu pudesse dizer, com sinceridade d'alma, esse é o meu herói, exceto aquele a que me referi antes, cuja foto postei, para permanecer pelas próximas doze horas. Esse, sim! Esse é, de fato e de direito, o meu verdadeiro herói!
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego