04/12/2016 às 17h19min - Atualizada em 04/12/2016 às 17h19min

Presidente da OAB defende afastamento de Renan da presidência do Senado

Para Claudio Lamachia, ao se tornar réu em ação no STF, Renan deve exercer direito de defesa sem comprometer as instituições que representa

Correioweb
O presidente da Ordem Nacional dos Advogados do Brasil, Claudio Lamachia, divulgou, nesta sexta-feira (2/12), nota na qual defende que Renan Calheiros (PMDB-AL) seja afastado imediatamente da presidência do Senado. A nota é motivada pelo fato de o peemedebista ter virado réu em ação penal no Supremo Tribunal Federal."Com a decisão tomada pelo STF de tornar o presidente do Senado, Renan Calheiros, réu em processo sobre peculato, é necessário que ele se afaste imediatamente de suas funções de presidente do Senado e do Congresso Nacional para que possa bem exercer seu direito de defesa sem comprometer as instituições que representa. Trata-se de zelo pelas instituições da República. Por este motivo, é preciso que o senador Renan Calheiros seja julgado de acordo com os ritos e procedimentos estabelecidos em lei, com acesso à ampla defesa e ao contraditório. Mas sem que isso comprometa o cotidiano e os atos praticados pelo Senado Federal."
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego