12/04/2018 às 07h54min - Atualizada em 12/04/2018 às 07h54min

Homem que matou servidor do Itamaraty é condenado a 15 anos

Jbr

O garoto de programa Anderson Vieira Brito, acusado de matar o servidor do Itamaraty Josué Nóbrega Pereira em outubro de 2016, na Asa Sul, foi condenado a 15 anos e três meses de prisão, além de 10 dias-multa.

O autor foi julgado pelo Tribunal do Júri de Brasília nessa terça-feira (10), por furto e homicídio triplamente qualificado. Segundo o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), o crime foi motivado por um discussão sobre o preço acordado de um programa.

Irritado, Anderson asfixiou a vítima com um cinto. O crime ocorreu no apartamento do servidor, na 307 Sul. Antes de fugir a bordo do carro de Josué, o assassino ainda roubou os pertences da vítima. Anderson foi localizado no dia seguinte, no Paranoá, e confessou o crime.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego