04/08/2018 às 19h07min - Atualizada em 04/08/2018 às 19h07min

Em comparação com a Paraná Pesquisas, levantamento da Dataplan frustra expectativa da campanha de Eliana Pedrosa

Fred Lima
Fred Lima

Se compararmos a pesquisa do Instituto Paraná Pesquisas com a da Dataplan, divulgada ontem (3), a pré-candidata do PROS ao Buriti, Eliana Pedrosa, herdou apenas 1,5% dos votos do ex-pré-candidato Jofran Frejat (PR). A comparação pode ser feita da seguinte forma: no levantamento do Instituto Paraná, Eliana apareceu com 9,8%. Como a margem estimada de erro foi de 2,5%, a ex-distrital alcançou o teto de 12,3%. Somando o valor com o da Dataplan, Pedrosa frustrou a expectativa de seus aliados e obteve menos de 2% de crescimento.

Rejeição

Encomendada pelo PTB, o levantamento do Instituto Dataplan não foge da lógica matemática mostrada pela pesquisa anterior. Dentro da margem de erro da Paraná, o crescimento faz sentido. Porém, é pífio e revela que os eleitores de Frejat não veem a candidata do PROS com bons olhos. Do contrário, o aumento teria sido vertiginoso, na casa dos 10%.

Crescimento de brancos e nulos

Outro ponto interessante, que chama a atenção, é o número de brancos, nulos e indecisos. De acordo com a Dataplan, 33,2% dos entrevistados disseram que não votariam em nenhum dos nomes apresentados. Outros 24,7% ainda não decidiram em quem votar. Comparando com a pesquisa do Instituto Paraná, o número de brancos/nulos aumentou 10,6%.

Sem favoritismo

Em um levantamento onde 33,2% optaram por branco/nulo e 24,7% não sabem em quem votar, o resultado denota que teremos pela frente uma eleição sem favoritos, na qual tudo pode acontecer.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego