24/01/2019 às 07h49min - Atualizada em 24/01/2019 às 07h49min

“Matei a minha mulher”, disse ex-marido ao se entregar à polícia no DF

Adélio Bento dos Santos não tinha marcas de sangue nas roupas, mas informou o endereço exato de onde os agentes poderiam encontrar a vítima

METRÓPOLES

 

Adélio Bento dos Santos, 50 anos, surpreendeu os policiais da 24ª Delegacia de Polícia (Setor O), em Ceilândia, ao se entregar e confessar que esfaqueou a ex-companheira. Ele chegou à unidade policial aflito e pediu para falar com o delegado. Ao ser atendido, foi logo dizendo: “Matei a minha mulher”. O caso ocorreu nessa terça-feira (22/1).

O homem, que não tinha marcas de sangue na roupa, informou o endereço exato de onde os agentes poderiam encontrar a vítima, identificada como Nazaré Alves do Santos. O autor também carregava dentro do carro a faca usada no crime.

Eu perguntei se ele tinha certeza sobre essa afirmação e expliquei que, se fosse verdade, eu daria ordem de prisão. Ele confirmou mais uma vez e disse que eu poderia prendê-lo. Estava lúcido e consciente do que fez"
Delegado-chefe da 24ª DP, Ricardo Viana

Quando os policiais chegaram ao local, em Samambaia, Nazaré estava sendo socorrida. Ela foi atingida por quatro golpes de faca. Teve o pulmão perfurado e o dedo da mão decepado. Adélio foi preso em flagrante e autuado por tentativa de feminicídio.
De acordo com o depoimento prestado pelo agressor na delegacia, o casal estava junto há nove anos, mas desde 2016 enfrentava problemas conjugais. Neste mês, eles se separaram e a vítima conseguiu uma medida protetiva contra o ex-companheiro. No entanto, na terça (22) eles se reencontraram e discutiram. Adélio disse que ficou “cego de raiva” e, por isso, esfaqueou Nazaré várias vezes.

Conforme registrado na ocorrência, Adélio foi até a casa da ex-mulher em Samambaia. Os dois discutiram e, em seguida, o homem pegou uma faca de cozinha para tentar tirar a vida da vítima. Ela ainda correu para a casa de uma vizinha, mas foi alcançada e atingida por pelo menos quatro golpes nas costas, no braço e na mão. Nazaré permanece internada em estado grave no Hospital Regional de Taguatinga (HRT).


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego