26/01/2019 às 18h21min - Atualizada em 26/01/2019 às 18h21min

Bolsonaro sobrevoa área do acidente com barragem em Minas Gerais

Comitiva do presidente deixou a capital federal às 8h30 e chegou em Belo Horizonte uma hora depois

METRÓPOLES

O presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), sobrevoou a área onde houve o acidente com o rompimento da barragem Córrego do Feijão, em Brumadinho. A comitiva oficial deixou a Base Aérea de Brasília às 8h30 deste sábado (26/1) em direção a Minas Gerais. O avião pousou no Aeroporto de Confins uma hora depois.

Bolsonaro foi recebido pelo governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo). Além do presidente, estavam presentes o porta-voz do Palácio do Planalto, Otávio Rêgo Barros, e os seguintes ministros: da Defesa, Augusto Azevedo e Silva; do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno; e da Secretaria de Governo, Carlos Alberto dos Santos Cruz.
 

Havia a informação de que a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, estaria presente na comitiva, mas o Planalto informou que ela não viajaria com o grupo.

Após o sobrevoo, Bolsonaro voltou ao Aeroporto de Confins para falar sobre as ações de socorro às vítimas. Nas redes sociais, o presidente informou neste sábado que foi publicado um decreto para instituir o Conselho Ministerial de Supervisão de Respostas a Desastre, coordenado pelo ministro da Casa Civil.
 

De acordo com Bolsonaro, “a finalidade é acompanhar e fiscalizar as atividades a serem desenvolvidas em decorrência do desastre e acompanhar as ações de socorro, de assistência, de restabelecimento de serviços essenciais, de recuperação do ecossistema e de reconstrução”.

 

Brumadinho e região: Governo federal publicou decreto que institui o Conselho Ministerial de Supervisão de Respostas a Desastre coordenado pelo Ministro da Casa Civil. A finalidade é acompanhar e fiscalizar as atividades a serem desenvolvidas em decorrência do desastre...

<div aria-label="Ver no Twitter" class="Icon Icon--chevronRightCTA " role="img" style="height: 1.25em; background-repeat: no-repeat; background-size: contain; vertical-align: text-bottom; width: 1.25em; background-image: url(" data:image="" svg+xml;charset="utf-8,%3Csvg%20xmlns%3D%22http%3A%2F%2Fwww.w3.org%2F2000%2Fsvg%22%20width%3D%2224%22%20height%3D%2224%22%20viewBox%3D%220%200%2024%2024%22%3E%3Cpath%20class%3D%22icon%22%20fill%3D%22%23697882%22%20d%3D%22M17.207%2011.293l-7.5-7.5c-.39-.39-1.023-.39-1.414%200s-.39%201.023%200%201.414L15.086%2012l-6.793%206.793c-.39.39-.39%201.023%200%201.414.195.195.45.293.707.293s.512-.098.707-.293l7.5-7.5c.39-.39.39-1.023%200-1.414z%22%2F%3E%3C%2Fsvg%3E&quot;);" transform:="" scalex(1);"="" title="Ver no Twitter"> 

 

...e acompanhar as ações de socorro, de assistência, de reestabelecimento de serviços essenciais afetados, de recuperação de ecossistemas e de reconstrução.
Para o alcance de seus objetivos, o Comitê poderá convidar para as reuniões...

 

...representantes do governo do Município de Brumadinho e do Estado de Minas Gerais, de outros órgãos e entidades da administração pública federal, do Ministério Público Federal e do Estado de Minas Gerais, da Defensoria Pública da União e do Estado de Minas Gerais, ...

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »