31/01/2019 às 20h21min - Atualizada em 31/01/2019 às 20h21min

Em interceptação da PF, Renan negocia cargos na Agricultura com a JBS

O senador por Alagoas mostrou intimidade com Joesley e discute nomeação para o Ministério da Agricultura

METRÓPOLES
A Polícia Federal (PF) interceptou ligações telefônicas nas quais, quando ainda era presidente do Senado, Renan Calheiros (MDB-AL) procurou o empresário Joesley Batista – proprietário do grupo JBS – para discutir uma nomeação no Ministério da Agricultura, cargo que seria de interesse da empresa. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.
 

Os 18 áudios foram colhidos no ano de 2014. O motivo da interceptação, segundo a reportagem, era buscar informações a respeito de Ricardo Saud, diretor de relações institucionais da JBS, além de conhecer melhor os responsáveis pela intermediação dos interesses da empresa com membros do Congresso.

Procurado pela reportagem, Renan Calheiros não se manifestou. Já Saud e Joesley afirmaram, por meio da assessoria de imprensa, que “os assuntos referentes às doações eleitorais ou a qualquer ato ilícito foram exaustivamente tratados e esclarecidos em acordo de colaboração firmado em 2017”.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego