07/05/2019 às 12h36min - Atualizada em 07/05/2019 às 12h36min

Justiça da prazo de 30 dias para prefeita dar andamento ao concurso público em Novo Gama

TCM: Processo 18361/16 e TJGONG Fazendas Públicas: Autos 5326759.89

Um antigo problema que acompanha os moradores de Novo Gama e região há mais de 02 anos parece que agora terá seu desfecho final. Pelo que tudo indica a prefeita da cidade não ficará muito feliz, mas finalmente terá que dar andamento ao tão famoso CONCURSO PÚBLICO 2016 DE NOVO GAMA. O calcanhar de Aquiles do executivo local que põe em risco a contratação “provisória” dos mais amigos e chegados, aqueles contratados e comissionados.

Acontece que, ontem 06 de maio de 2019, em audiência no Tribunal de Justiça do município goiano, perante ao Excelentíssimo Juiz de Direto e do Douto Promotor de Justiça, o procurador da prefeitura e o secretário de governo, finalmente se comprometeram, em um prazo de 30 dias, cumprir a determinação do Tribunal de Contas dos Municípios Goianos – TCM e finalmente dar andamento no cronograma do concurso.

Essa história é antiga e a prefeita vinha se negando de forma obtusa a dar andamento ao concurso, talvez por caturrice, uma vez que o concurso teve início na gestão anterior, talvez para manter o interesse dos amigos indicados livremente ou pelo simples fato de não ter o mínimo respeito com o cidadão que se esforçou para prestar o concurso e ficou refém da má vontade de gente que só pensa no poder.

O fato é que agora há mais uma determinação da justiça e a prefeitura terá de prosseguir com o concurso mesmo com um sabor amargo em sua boca.

Mas, como “gato escaldado tem medo de água fria” vou “colocando minhas barbas de molho” afinal o costume dos políticos da nossa cidade é se achar superiores a qualquer forma de justiça e de ordenamento.
Vamos fazendo aqui nossas promessas para São Longuinho em relação a esse concurso, mas sempre de olho. Ano que vem teremos eleição e os concurseiros de plantão também vão até as urnas.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »