10/05/2019 às 06h34min - Atualizada em 10/05/2019 às 06h34min

Diretor do Detran cai após licitação pular de 7 para 120 milhões

Fabrício Moura não é mais diretor-geral do Detran de Brasília. Ele pediu demissão nesta quinta, 9, antes de vencer o prazo dado pelo Ministério Público para que ele explicasse o que motivou alterar uma licitação de 7 milhões de reais para 120 milhões de reais.

O governador Ibaneis Rocha (MDB) atribuiu a saída de Fabrício não à concorrência multimilionária, mas a questões de caráter administrativo. “É (o ex-diretor) uma pessoa de bem, excelente profissional, mas que foi consumido pela burocracia”, disse.

A concorrência era para modernizar o sistema de semáforos na capital da República. O ex-deputado Alírio Neto (PTB) será o substituto de Fabrício.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »