02/02/2020 às 06h36min - Atualizada em 02/02/2020 às 06h36min

Carlos Vereza vai ao Alvorada para apoiar Regina Duarte

Ele foi recebido pelo presidente Jair Bolsonaro e é cotado para assumir cargo na área da Cultura

O ator Carlos Vereza foi recebido na manhã deste sábado (01/02/2020) pelo presidente Jair Bolsonaro e, ao sair, disse que sua visita teve o objetivo de dar apoio à atriz Regina Duarte, que assumirá, nos próximos dias, a Secretaria Especial de Cultura.
 

Ao sair da residência oficial da Presidência da República, ele negou ter sido convidado para um cargo no governo e reafirmou que só foi mesmo prestar apoio à atriz e amiga. “Eu venho aqui sempre. E, desta vez, vim apoiar a Regina”, disse Vereza. “Ela é uma pessoa pacificadora é que tem uma visão democrática da cultura”, declarou.

Vereza chegou a se manifestar contrário ao ministro da Educação, Abraham Weintraub, no ano passado, quando o governo decidiu despejar a TV Escola. Ele conversou nesta semana com a futura secretária e há a expectativa de que ele assuma algum cargo na área de cultura.

Mesmo antes de assumir oficialmente a pasta, a atriz enfrentou nas últimas horas diversas reclamações de colegas de profissão que não gostaram de serem retratados em uma publicação em sua conta do Instagram. Após várias manifestações, Regina decidiu excluir a postagem que apresentava uma montagem com fotos com diversos artistas que dá a entender que eles apoiavam sua indicação feita pelo presidente Jair Bolsonaro.

Após tirar a postagem do ar, a atriz disse que sua intenção era “pacificar e unificar a classe artística”, mas que já percebeu que enfrentará “resistência ideológica”. “Com 1. 143. 000 (hum milhão e cento e quarenta e três impressões) vou tirar post com artistas porque agora é Maitê pedindo para sair. Meu desejo de pacificar, de unificar a classe artística já mostra que a resistência ideológica vai bater forte e tentar impedir que a polarização reinante possa ser vencida. Vou, no entanto, lutando para que a cultura do nosso país possa estar acima das ideologias e partidos”, escreveu

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »