06/02/2020 às 08h46min - Atualizada em 06/02/2020 às 08h46min

Caso ABC: filha e namorada admitem participação no roubo

Romuyuki, 43, e Flaviana Gonçalves, 40, e o filho deles, Juan Gonçalves, 15 anos, foram mortos no dia 27 de janeiro

METRÓPOLES

A filha do casal morto em Santo André, Ana Flávia Gonçalves, e a namorada dela, Carina Ramos, confessaram participação no roubo da casa da família no mês passado. As duas, no entanto, negaram envolvimento no assassinato. As informações são do G1.

Ana Flávia e Carina prestaram novo depoimento nessa quarta-feira (05/02/2020) por quase seis horas.

A polícia apontou a participação das duas no crime e chegou a pedir a prisão delas. Outros três homens também foram detidos por suspeita de envolvimento no assassinato. Um deles contou que o casal teria sido o mandante do crime.

Os investigadores ainda tentam prender um sexto suspeito. Ele teria sido o responsável por dirigir o carro em que estava o grupo.

De acordo com o depoimento de Juliano Ramos, primo de Carina, o grupo se reuniu dois dias antes do crime para combinar como seria o roubo na casa da família, que guardava cerca de R$ 85 mil.

Romuyuki, 43, e Flaviana Gonçalves, 40, e o filho deles, Juan Gonçalves, 15 anos, foram mortos no dia 27 de janeiro.

Três homens teriam entrado na residência da família e anunciado o assalto. Pai e filho foram torturados para que entregassem a senha do cofre onde a família teria guardado os R$ 85 mil. A mãe, a única que tinha acesso ao cofre, chegou em casa depois. Ana Flávia estaria em casa com a família e Carina teria chegado depois.

Câmeras de segurança mostraram o momento em que, já na madrugada do dia 28, os dois carros da família deixaram o local. Horas depois, o Corpo de Bombeiros recebeu o chamado para atender uma ocorrência. O veículo foi encontrado em chamas com o corpo das três vítimas.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »