21/03/2020 às 08h34min - Atualizada em 21/03/2020 às 08h34min

Coronavírus: Ibaneis pede ajuda “de qualquer natureza” à China

Em ofício, Ibaneis Rocha lembra de laços entre governos e elogia iniciativas chinesas para evitar o contágio da Covid-19

O governador Ibaneis Rocha (MDB) enviou um ofício a Yang Wanming, embaixador da China no Brasil, pedindo auxílio “de qualquer natureza” para o combate ao novo coronavírus. O chefe do Buriti lembra a “capacidade” do país asiático em evitar uma propagação maior da doença e fala em orientações para o Distrito Federal.
 

O documento, enviado nessa quinta-feira (19/03), cita a situação de emergência criada pela Covid-19 na capital e também elogia as iniciativas chinesas nesse sentido. “Foi notória a capacidade demonstrada pelas autoridades chinesas no combate à propagação da doença, na mitigação de seus efeitos, bem como na solidária cooperação técnica oferecida a outros países afetados pela enfermidade”, diz o ofício.

Ibaneis também lembra da “tradicional amizade sino-brasileira” para obter auxílio da China, “tendo em vista a rápida evolução do número de casos registrados no território brasileiro e a deficiência da infraestrutura de saúde
pública ante a enorme necessidade que se apresenta”.

“Saliento que seria bem acolhida a prestação de assistência de qualquer natureza, especialmente orientações para o combate à doença, doação de suprimentos e equipamentos médicos, além de indicações de empresas que possam colaborar na contenção da pandemia”, escreve o governador.

Contexto

O GDF foi a primeira unidade da Federação a desenvolver um plano de contingência com ações práticas, como fechamento de escolas e a implantação de teletrabalho para setores do serviço público. Os decretos também envolveram a proibição de atendimento presencial nas agências bancárias e o fechamento do comércio em geral — só funcionam mercados, farmácias, padarias e lojas de material de construção.

Por outro lado, uma mensagem retuitada pelo deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) teve uma repercussão muito ruim no meio diplomático. O parlamentar divulgou o tuíte de um seguidor chamado Rodrigo da Silva. A mensagem afirma que “a culpa pela pandemia do coronavírus” é do Partido Comunista Chinês.

Eduardo também afirma que “quem assistiu” à minissérie Chernobyl vai entender o que aconteceu. “Substitua a usina nuclear pelo coronavírus e a ditadura soviética pela chinesa”, postou o parlamentar.

 
 

A culpa pela pandemia de Coronavírus no mundo tem nome e sobrenome. É do Partido Comunista Chinês.

E se você ainda tem alguma dúvida a esse respeito, precisa dar uma lida nessa thread.

 

O embaixador Yang Wanming, reagiu com indignação. Na conta pessoal no Twitter e na da embaixada, o representante asiático expôs a insatisfação com o parlamentar.

“A parte Chinesa repudia veementemente suas palavras, e exige que as retire imediatamente e peça uma desculpa ao povo chinês“, escreveu Wanming. Em outra postagem, disse que, ao voltar da viagem a Miami (EUA), Eduardo contraiu “vírus mental” que estaria “infectando a amizade” entre Brasil e China. Informa, ainda, que vai protestar junto ao Itamaraty e à Câmara dos Deputados.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »