15/05/2020 às 07h24min - Atualizada em 15/05/2020 às 07h24min

Dupla é presa após um deles ter passado a mão em uma mulher no DF

Segundo relato de testemunhas, eles estavam alterados. Um deles, vestido apenas de sunga, afirmou ser advogado. Caso ocorreu em Taguatinga

MIRELLE PINHEIRO LEONARDO MEIRELES
METRÓPOLES
Um comércio na C5 de Taguatinga tornou-se palco de confusão generalizada após a acusação de que um homem havia passado a mão em uma mulher. O caso ocorreu na noite de quarta-feira (13/05) e investigadores da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) foram chamados e tiveram que prender dois suspeitos.
 

De acordo com o boletim de ocorrência, já passava das 21h quando dois rapazes chegaram a um posto de gasolina em Taguatinga. Um deles estava de sunga. O outro, de calça jeans e camiseta, aproximou-se de um casal e teria importunado sexualmente a mulher.

Segundo o homem que a acompanhava, em depoimento, o suspeito passou a mão nas nádegas da mulher e, após reclamação, ele teria se identificado como policial e disse que iria até o carro pegar uma arma no carro. A afirmação assustou o casal, mas o segurança do comércio interveio.

1

O rapaz de sunga, dizendo-se advogado, entrou na confusão e teria tentado agredir uma das vítimas. Segundo testemunhas e relato posterior dos policiais, os dois estavam alterados, “possivelmente sob efeito de álcool ou alguma substância entorpecente”, de acordo com o boletim.

Nesse momento, os policiais chegaram e se depararam com a briga generalizada. Então, algemaram os dois suspeitos e os levaram até a 12ª Delegacia de Polícia para prestar esclarecimentos – o que não foi possível por causa do estado de um deles. O casal e o segurança também foram à unidade policial para depoimento.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego