29/05/2020 às 08h13min - Atualizada em 29/05/2020 às 08h13min

Com 2.695 casos de dengue Santa Maria recebe mutirão de combate ao mosquito

A cidade é a terceira RA com maior índice da doença. Em todo DF 34.384 imóveis já foram inspecionados

Com informações da Agência Brasília

Santa Maria recebeu, nesta quinta-feira (28), ações do programa Sanear Dengue para eliminar focos do Aedes aegypti e conscientizar a população sobre a importância de eliminar possíveis criadouros do mosquito. A ação, que concentrou esforços no condomínio Porto Rico e ocorre em três etapas, foi coordenada pela Vigilância Ambiental, contou com a participação de militares do Exército e do Corpo de Bombeiros, servidores do SLU e da administração regional.

A Região Administrativa (RA) é uma das mais afetadas do Distrito Federal e está em terceiro lugar em número de casos de dengue, considerando todas as RAs. No último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Saúde, já foram contabilizados 2.695 casos e uma taxa de incidência de transmissão em 2.084,77 casos por 100 mil habitantes.

Por meio do programa, que tem como foco exclusivo o combate os focos do mosquito Aedes aegypti, a secretaria intensificou as ações em todo o DF e a Diretoria de Vigilância Ambiental  já inspecionou 34.384 imóveis e 72.249 depósitos, no período de janeiro a maio deste ano.

O manejo ambiental é realizado mensalmente e tem recolhido inservíveis por toda a cidade, além disso, foi realizada uma ação pontual na casa de um morador que é acumulador. Sueli Duarte, chefe do núcleo de Vigilância Ambiental de Santa Maria, acredita que com as estratégias adotadas e a conscientização da população, é possível vencer o mosquito e eliminar reservatórios.

 

“Realizamos o manejo durante todo o mês todinho. Só de armadilhas para o mosquito, foram colocadas 532 unidades e cada uma pode evitar cerca de cinco mil mosquitos. Elas dão a certeza e segurança de que o mosquito não voará porque ele já nasce defeituoso e fica na tela que tem exatamente essa função de interferir no nascimento.

Todos os dias o Sanear Dengue ocorre em alguma região do Distrito Federal para reforçar as ações dos núcleos de Vigilância Ambiental que possuem cronograma diário de combate. Lembrando que, diariamente, além das ações do Sanear, todas as regiões administrativas recebem os trabalhos dos agentes da Vigilância Ambiental.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »