30/05/2020 às 07h09min - Atualizada em 30/05/2020 às 07h09min

Jurista evoca art. 142; Bolsonaro compartilha

Em entrevista, Ives Gandra defende intervenção militar pontual no STF; presidente Jair Bolsonaro posta link da fala do advogado no Facebook

Brasil Sem Medo

 

Na tarde desta quinta-feira (28), o jurista Ives Gandra Martins afirmou em entrevista ao jornalista Oswaldo Eustáquio que o Poder Executivo possui respaldo para solicitar que as Forças Armadas intervenham em favor dos atos do presidente da República através do artigo 142 da Constituição Federal.

Gandra comentou a respeito da operação desta quarta-feira (27), em que a Polícia Federal cumpriu 29 mandados de busca e apreensão contra empresários e jornalistas apoiadores do presidente Bolsonaro.

“Tenho a impressão que estamos vivendo uma crise política desnecessária sob fatos de menor importância (...) tenho a impressão que qualquer suspeita leva a apreensão de documentos, inclusive de pessoas que têm o direito de livre expressão”, afirmou.

Questionado a respeito da constante interferência do Supremo Tribunal Federal nas ações da Presidência da República, o jurista relembrou o episódio em que o ministro do STF, Alexandre de Moraes, suspendeu a nomeação de Alexandre Ramagem para a direção-geral da Polícia Federal e afirmou que o presidente Bolsonaro poderia acionar as Forças Armadas para que elas agissem como Poder Moderador nesse caso...


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego