02/10/2020 às 13h18min - Atualizada em 02/10/2020 às 13h18min

Troféu cerrado.

Jornalista Vital Furtado e o promotor de eventos, Reinaldo Campos de Lima criam o TROFÉU CERRADO para premiar os melhores do ano de 1995.

Vital Furtado
Correio de Santa Maria
Na foto: Reinaldo e Vital
A primeira e única edição do prêmio Troféu Cerrado, realizado no Caic Norte de Santa Maria, em setembro de 1996 (não sei precisar o dia, porém, tenho na lembrança uma noite de *sexta-feira) teve por objetivo premiar personalidades locais, dos mais variados setores, e ainda, personagens políticos e de outros segmentos.

Sem dúvida alguma foi uma festiva e muito especial, em que todos comemoram resultados e o esforço de sua parcela de contribuição para o crescimento e desenvolvimento da cidade.

O evento contou com cerca de aproximadamente umas trezentas pessoas, uma vez que souberam da participação da vice –governador na época, a médica Arlete Sampaio. Por outro lado, tivemos uma ajuda pra lá de especial do nosso amigo FLORISMAR VILARINDO ARAUJO, morador da cidade e melhor diretor de esportes que a administração regional de Santa Maria teve em todos os tempos, no tocante a aquisição da premiação. Florismar, muito articulado com a Diretoria da sede do BRB-BRASÍLIA, conseguiu o patrocínio no valor de R$ 800,00, quantia essa que deu para bancar os troféus, medalhas e certificados. O BRB, de sua parte, exigiu apenas o projeto com uma faixa lhe divulgando como o patrocinador do evento.

A cerimônia iniciou às 19h, e os indicados demonstravam total felicidade por estarem tendo seus feitos pela primeira vez reconhecidos de público e com direito a premiação.
No meu entender, creio que seja o mesmo entendimento do amigo Reinaldo, o evento, de certa forma também se saiu valorizado por reconhecer um grupo de pessoas como os melhores do ano, levando em consideração o que esse grupo representou e representa para a história da cidade, por não medirem esforços para que Santa Maria fosse o que é hoje.

Porém, com o crescimento da cidade os anseios foram ficando maiores, os desejos políticos tomando conta de muitos ao ponto de velhos amigos seguirem rumos diferentes por não concordarem com o sonho de projeto de poder pessoal que tomou conta de algumas dessas pessoas.
momento da premiação


De minha parte, só tenho a dizer muito obrigado por terem me dado a oportunidade de me tornar o primeiro historiador de Santa Maria, com um livro que tem por título “MEU TESTEMUNHO DE SANTA MARIA”, livro esse, documentário verdade respaldado por mais de 11 documentados juntados na época.

Eu, vital, fiz a abertura do evento e a cada homenageado eu chamava uma autoridade para entregar o prêmio.
*sexta-feira. Lembro-me que era uma sexta-feira porque a segurança da vice governadora alertava para o horário, mas, ela dizia que era final de semana e no outro dia ninguém iria trabalhar.

Em tempo: Quando eu digo no parágarafo de abertura da matéria que a foi a primeira e única edição do prêmio, foi porque os premiados foram escolhidos.
A partir daí, criaram um tal de Destaque Empresarial, no qual o empresário paga para receber um diploma. Ou seja; se pagar recebe o diploma de Destque Empresarial. Se não pagar, fica de fora.

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Oportunidade_de_emprego